4 aspectos a considerar na compra de um sistema ERP

Compartilhe:

Um assunto que sempre traz dúvidas no momento de contratar um novo sistema ERP, é o que você deve levar em consideração para construir um caso bem-sucedido. Mesmo que o seu sistema de gestão atual esteja freando o crescimento do seu negócio, os elementos a serem considerados para escolha de um novo software de gestão são complexos e exigem uma tomada de decisão assertiva no momento da compra para não ocasionar frustrações no futuro.

O primeiro aspecto a ser considerado é sobre você ter um plano. Você precisa saber, exatamente, o que esperar do seu novo sistema ERP, não só no primeiro momento, mas também na pós-compra. Há empresas que contrataram um ERP para resolver apenas os problemas principais. Mas, num segundo momento, ao evoluírem seus processos, essas empresas se depararam com novos problemas, que muitas vezes eram até mais complexos, porque houve uma evolução do negócio. Então, não considere apenas os resultados imediatos da compra de um novo sistema ERP, mas exija do seu fornecedor que ele diga o que ele pode fazer para você, além daquilo que você já pediu durante o processo de compra do ERP.

O segundo aspecto é sobre a importância de você contratar uma empresa que conheça o seu segmento. É importante levar em consideração que o software ERP seja flexível para atender outras realidades. Pense que a sua empresa é única, com uma personalidade única e com processos únicos. No momento em que você quiser inovar ou abranger um novo mercado, vai precisar de um software flexível o suficiente para incorporar essas novidades.

O terceiro aspecto é o suporte técnico. É claro que o suporte técnico deve ser de qualidade, quanto a isso não resta a menor dúvida. Porém, tem que ser usado com moderação. O propósito é você não ter a necessidade de entrar em contato com o suporte técnico a todo momento. E, para isso, você precisa certificar a sua equipe e ter autonomia. Exija essa autonomia para o seu negócio.

O quarto e último aspecto a ser considerado, é a credibilidade do sistema. Naturalmente, você não vai comprar o sistema ERP de uma empresa que tenha má reputação ou um produto que tenha má reputação. Porém, não considere apenas a reputação da empresa ou não coloque isso como o elemento mais importante. Conheça a equipe, o software e todas as funcionalidades. Tente sanar todas as dúvidas e obter todas as informações necessárias. Assim você terá a certeza de que estará contratando um serviço e produto de qualidade.

Você está envolvido em processo de contratação de ERP? Entre em contato conosco e daremos a solução perfeita para melhorar ainda mais a sua gestão. Confira muitos outros conteúdos do nosso blog, clique aqui no link e se cadastre para receber mais materiais sobre ERP e sobre o CIM, o sistema de gestão empresarial da GVM Sistemas.

Até a próxima!